Quero Montar Um Negócio Com Pouco Investimento

Quero Montar Um Negócio Com Pouco Investimento!

A atual conjuntura da economia do Brasil está favorável à criação de empresas e neste momento muitas pessoas procuram formas de montar um negócio com um investimento inicial reduzido.

As perspectivas que um negócio próprio apresenta são muito atrativas, desde a flexibilidade no trabalho, possibilidade de geração de grandes lucros e de conciliar a vida familiar com a profissional, ser o próprio patrão, entre muitas outras.

Se você é uma dessas pessoas que afirma “quero montar um negócio”, mas procura uma solução que não necessite de muito dinheiro, então não deixe de ler as dicas que se seguem.

Antes de escolher a área em que pretende montar negócio deve ter em atenção vários aspectos. Um deles é avaliar todas as opções de bom negócio que você pode desenvolver com base em sua formação acadêmica ou profissional.

Isto pode lhe simplificar a vida no sentido em que já tem um conhecimento profundo nesta área e assim as suas necessidades de aperfeiçoamento (e gastos com isso) são anuladas.

Para que o seu negócio não exija um investimento elevado, você deve procurar opções que não necessitem ter um grande estoque do produto, nem de um grande investimento em equipamentos específicos dispendiosos.

Procure opções mais simplistas, mesmo que lhe possam parecer modestas demais, elas representam apenas um ponto de arranque. Quando você começar a lucrar com esse negócio inicial pode expandir ou até apostar em outra área.

Por vezes, a opção de montar um negócio a partir de casa apresenta-se como uma solução bastante econômica e consegue responder a uma infinidade de áreas de negócios.

Se você optar por montar seu negócio em casa pode procurar os serviços de um escritório virtual. Estes permitem que você alugue salas de reuniões sempre que necessite e também terá acesso a uma telefonista que repassa todos os recados.

Esta hipótese faz que seus clientes e fornecedores formem uma imagem de elevada competência e potencial de desenvolvimento de sua empresa, permitindo que eles confiem mais em seu empreendimento.

Desenvolva um plano de ação de sua atividade e dos resultados que pretende alcançar, com um nível de precisão elevado.

Mantenha esse plano e objetivos perto de você e faça um controle freqüente dos resultados que está alcançando com a operação de seu negócio. Numa fase inicial pode fazer isto semanalmente e quando os resultados começarem a estabilizar pode fazer apenas uma vez por mês ou por trimestre.

Fazendo isto, você consegue controlar seus resultados e fazer as correções que possam ser necessárias, em curto espaço de tempo.

Pense que montar um negócio pode representar assumir uma jornada de trabalho bem mais longa do que o habitual, principalmente nos primeiros tempos.

Você terá que ser exigente com você mesmo e não se deixar abater se, numa semana, não atingir o nível de vendas que tinha previsto.

Muitas vezes quando se está montando um novo negócio, as semanas iniciais são um pouco confusas, em um dia você pode vender muito e nos dois dias seguintes pode não vender nada.

Na fase inicial de vida de um negócio a divulgação dos produtos é essencial. Só depois dos produtos já estarem bem inseridos no mercado é que você pode reduzir um pouco as campanhas, mas nunca pode parar por completo.

Quando você estiver escolhendo os produtos que irá comercializar, tente desenvolver ou encontrar produtos que possam representar uma fonte de renda constante e que possam ser produzidos em escala. Certamente que você não vai querer que seu negócio tenha uma ótima aceitação por parte dos clientes e que depois você não tenha capacidade de resposta para a procura.

Procure outros pequenos empreendedores que estejam interessados em desenvolver parcerias de negócio. Eles podem estar focados em outra área de negócios e mesmo que essa área não se relacione de forma óbvia com sua, é possível que encontrem algum tipo de vantagem na parceria.

Os pequenos empresários encontram sempre dificuldades na hora de concorrer com as grandes empresas, mas se eles se juntarem terão muito mais força.

Além disso, conseguem criar redes de pequenos empresários e criar formas de fidelizar os clientes como, por exemplo, um cartão de fidelização comum a todos esses empresários. Desta forma, os clientes ficam a conhecer todos os pequenos empreendedores da região e têm mais um incentivo para fazer as suas compras juntos deles.

Estas são as dicas que consideramos como sendo as mais básicas para os empreendedores que querem montar um negócio, sem que isso implique em um investimento inicial elevado.

Se você é um destes empreendedores, comece hoje mesmo a desenvolver o seu plano de ação. Montar um negócio pode ser uma grande chance para você e para sua família, não a perca.

Responsive image

gestor


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *